quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Comida Salgada

Chuchu, abóbora, cebola, azeite de oliva, orégano e sal. Essa foi minha primeira papinha salgada. Feita pelo papai com muito amor. Ele gosta de cozinhar! Meu médico disse para fazer comida gostosa pra mim. Nada de coisa sem gosto. Claro que não da para botar uma pimenta baiana das quentes, mas eu posso comer de tudo! Bem... quase tudo. Mas ainda chego lá!

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

A Criança Sofre


  ORDEM DE NASCIMENTO DOS FILHOS
O 1.º filho é de vidro.
O 2.º é de borracha.
O 3.º é de aço.

PLANEAMENTO
O 1.º filho é, em geral, desejado.
O 2.º é planeado.
O 3.º é descuido.

A ORDEM DE NASCIMENTO DAS CRIANÇAS
1.º Filho - Os irmãos mais velhos têm álbum de fotografias completo, relato minucioso do dia que vieram ao mundo, madeixa de cabelo e dentes de leite guardados.
2.º Filho - O segundo mal consegue encontrar fotografias do primeiro aniversário.
3.º Filho - O terceiro não faz ideia das circunstâncias em que chegou à família

O QUE VESTIR
1.º Bebê - A mãe começa a usar roupas de grávidas assim que o exame dá positivo.
2.º Bebê - A mãe usa as roupas normais o máximo que puder.
3.º Bebê - As roupas para grávidas são as roupas normais da mãe, porque já deixou de ter um corpinho de sereia e passou a ter um de baleia.

PREPARAÇÃO PARA O NASCIMENTO
1.º Bebê - A mãe faz exercícios de respiração religiosamente.
2.º Bebê - A mãe não se preocupa com os exercícios de respiração - afinal lembra-se que, na última vez, eles não funcionaram.
3.º Bebê - A mãe pede para tomar a epidural no 8.º mês porque se lembra que dói muito.

O GUARDA-ROUPA
1.º Bebê - Lavam-se as roupas que oferecem ao bebê, arrumam-se de acordo com as cores e dobram-se delicadamente dentro da gaveta.
2.º Bebê - A mãe vê se as roupas estão limpas e só deita fora aquelas com manchas escuras.
3.º Bebê - Os meninos podem usar rosa, não é? Afinal o seu marido é liberal e tem certeza que o filho vai ser macho como o pai!

PREOCUPAÇÕES
1.º Bebê - Ao menor suspiro do bebê, o pai e a mãe correm para o pegar ao colo.
2.º Bebê - Os pais pegam no bebê ao colo quando os gritos ameaçam acordar o irmão mais velho.
3.º Bebé - Os pais ensinam o mais velho a abanar o berço.

A CHUPETA
1.º Bebê - Se a chupeta cair ao chão, os pais guardam-na até que possam chegar a casa e fervê-la.
2.º Bebê - Se a chupeta cair ao chão, os pais lavam-na.
3.º Bebê - Se a chupeta cair ao chão, os pais passam-na na camisa, dão uma lambidela, passam-ma de novo na camisa, desta vez para dar secar e dão-na novamente ao bebé, porque o que não mata, engorda (vitamina B, de Bicho, off course!).

MUDA DE FRALDAS
1.º Bebê - Trocam as fraldas de hora a hora, mesmo que elas estejam limpas.
2.º Bebê - Trocam as fraldas a cada duas ou três horas, se necessário.
3.º Bebê - Tentam trocar a fralda apenas quando as outras crianças começam a reclamar do mau cheiro.

BANHO
1.º Bebê - A água é filtrada e fervida e a temperatura medida com o termómetro.
2.º Bebê - A água é da torneira e a temperatura é fresquinha.
3.º Bebê - É enfiado directamente debaixo do chuveiro à temperatura que vier, porque a mãe, o pai e os avós foram criados assim e ninguém morreu de frio.

ATIVIDADES
1.º Bebê - Levam o bebê às aulas de música para bebês, ao teatro, à narração de histórias, à natação, ao judo, etc.
2.º Bebê - Levam o filho à escola e vá lá...
3.º Bebê - Levam o filho ao supermercado, à padaria, à manicura...

SAÍDAS
1.º Bebê - A primeira vez que saem sem o filho, ligam cinco vezes para casa para saber se ele está bem.
2.º Bebê - Quando estão a abrir a porta para sair, lembram-se de deixar o número de telefone à empregada.
3.º Bebê - Mandam a empregada ligar só se vir sangue.

EM CASA
1.º Bebê - Passam boa parte do dia só a olhar para o bebê.
2.º Bebê - Passam algum tempo a olhar para as crianças só para ter certeza que o mais velho não está a apertar, a morder, a beliscar, a bater, a brincar ao super-homem com o bebê,  a amarrar um saco de plástico do Continente ao pescoço dele ou a atirá-lo de cima do sofá.
3.º Bebê - Passam o tempo todo a esconderem-se das crianças.

ENGOLIR MOEDAS
1.º Bebê - Quando o primeiro filho engole uma moeda, correm para o hospital e pedem um raio-X.
2.º Bebê - Quando o segundo filho engole uma moeda, ficam atentos até ela sair.
3.º Bebê - Quando o terceiro filho engole uma moeda, descontam na mesada .

 obs: Retirado do blog do Ernesto.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Chuá Chuá

Todo mundo que tem um bebê sempre fica a postos para registrar as primeiras coisas que seu pimpolho irá fazer. Não adianta, é sempre uma expectativa para ver a reação da criança com algo novo, inesperado. O primeiro banho, a primeira comida, e por aí vai. Com a gente não é diferente, registramos tudo por escrito, com fotos e vídeos. Ontem foi o primeiro banho da Valentina numa piscina de adultos. Ela começou em grande estilo pois iniciou sua natação em Balneário Camboriú. E não apenas isso. Foi em uma piscina interna e térmica.  Muito chique! No primeiro momento achei que ela ia abrir um berreiro, pois a água não estava quente, estava na tempertura ambiente. Mas sabe que me enganei bonito... Ela mais que adorou. Parecia uma peixinha de tanto que batia as pernas e braços na água. Andei com ela pela piscina toda. Só risos e empolgação. Papai ficou tentando tirar fotos. A madrinha fazendo hidroginástica com sua barriga. O padrinho só curtindo a cena. Foi uma bagunça só!

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Surpresa

Sabe quando suas energias parecem se esgotar? Quando os olhos não param mais abertos? E o desânimo toma conta do corpo? Para resolver este problema conto com um esposo criativo e uma filha perfeita.
É só sair de casa por uma hora e olha o que chega no meu e-mail.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Identifique-se

... Antes de ser mãe, eu fazia e comia refeições quentes.
... Eu usava roupas sem manchas.
Eu tinha calmas conversas ao telefone.
Antes de ser mãe,
Eu dormia tão tarde quanto eu quisesse e nunca me preocupava com que horas
... iria para a cama.
Eu escovava meus cabelos e tomava banho sem pressa.
Antes de ser mãe,
Minha casa estava limpa todos os dias.
Eu nunca tropeçava em brinquedos ou pensava em canções de ninar.
Antes de ser mãe,
Eu não me preocupava se minhas plantas eram venenosas.
Eu nem sabia que existiam protetores de tomada...
Antes de ser mãe,
Ninguém nunca tinha vomitado ou cuspido em mim.
Eu nunca tinha sido mordida nem beliscada por dedos minúsculos.
Ninguém nunca tinha me molhado.
Antes de ser mãe,
Eu tinha controle da minha mente, dos meus pensamentos, do meu corpo e do
meu tempo.
Eu dormia a noite toda!!
Antes de ser mãe,
Eu nunca tinha segurado uma criança chorando para que pudessem fazer exames
ou aplicar vacinas.
Eu nunca havia experimentado a maravilhosa sensação de amamentar e saciar
um bebê faminto.
Eu nunca tinha olhado em olhos marejados e chorado.
Eu nunca tinha ficado tão gloriosamente feliz por causa de um simples 
sorriso.
Eu nunca tinha sentado tarde da noite só para admirar um bebê dormindo.
Eu nunca tinha segurado um bebê dormindo só porque eu não queria deixá-lo.
Eu nunca havia sentido meu coração se quebrar em um milhão de pedaços porque
eu não pude parar uma dor.
Eu nunca imaginaria que algo tão pequeno pudesse afetar tanto minha vida.
Eu nunca soube que eu amaria ser mãe.
Antes de ser mãe,
Eu não conhecia a sensação de ter meu coração fora de meu corpo.
Eu não conhecia a força do amor entre uma mãe e seu filho.
Antes de ser mãe,
Eu não conhecia o calor,
A alegria,
O amor,
A preocupação,
A plenitude
Ou a satisfação de ser mãe.
Eu não sabia que era capaz de sentir tudo isso com tanta intensidade.
Antes de ser mãe


Obs: Poesia retirada de Paplim (https://www.facebook.com/Paplim)

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Brincando com as Frutas

A introdução das frutas na dieta da Valentina começou no mês passado. Ela já experimentou muita coisas , tais como: maçã, mamão, banana, laranja, abacaxi, melão, melancia, manga, pêra, côco, entre outros. Há dentro destas opções algumas preferencias, mas ela costuma comer muito bem tudo o que é oferecido. Mesmo sabendo que muitas crianças, na medida em que crescem, vão deixando as frutas de lado, é ótimo ver o apetite da pequena.

Sempre achei muito importante o cuidado com a alimentação, principalmente das crianças, já que elas são 100% influenciadas (num primeiro momento) pelos hábitos alimentares dos pais. Então, ficava de olho no que entrava na geladeira de casa, e quando fiquei grávida já me preocupava muito em mudar alguns hábitos como tomar refrigerante, comer salgadinhos, bolachas recheadas, essas coisas. O que não foi nenhuma tortura já que nem somos tão apegados assim a "gordura trans".

Mas nem todas as pessoas herdaram hábitos saudáveis e precisam de muito esforço e criatividade na hora de elaborar um prato para os pimpolhos. Pensando nisso, pesquisei algumas soluções práticas para tornar a hora do lanche uma boa oportunidade de iniciarmos a formação de adultos mais saudáveis. São ideias simples e divertidas. Confere as imagens abaixo.






Agora é mãos à obra!

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Muito Importante

Esse lembrete é muito importante para todas as famílias com crinaças em casa. Retirei esta imagem do "Bombeiros Voluntários de Guimarães".

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Minha Primeira Festa a Fantasia

Na creche da Valentina ontem foi o último dia da colônia de férias e para fechar este mês eles organizaram uma festinha para as crianças no final do dia. Teve pula-pula, piscina, comes e bebes e elas tinham a opção de irem fantasiadas. É claro que corri atrás de uma fantasia para minha pitica.

Confesso que pensei que a procura seria em vão, mas encontrei duas lojas do centro da cidade que tinham algumas opções de fantasias para bebês. Optei por uma confortável e fresquinha já que anda fazendo muito calor por aqui.

O resultado disso foi registrado com poucas fotos já que no horário da festa (17h) a Valentina já está mais pra lá do que pra cá, doidinha pra cair na cama e tirar o último cochilo do dia antes de engrenar noite adentro. Mas como toda mãe coruja consegui fazer alguns cliques.
Se alguém precisar de socorro pode chamar o "bebê maravilha"!