sábado, 10 de dezembro de 2011

O Amor

De todas as palavras que conheço para traduzir todo o sentimento bom que sentimos pela pessoas que temos afinidade, carinho e respeito considero a palavra amor a mais forte de todas. Numa escala de zero a dez com certeza ela é a dominante. Eu te amo... essa frase não é dita assim, para "qualquer" pessoa, e sim para algumas exclusivas, que possuem um lugar de destaque na nossa vida, em nossos corações. Até pouco tempo atrás achava que já tinha amado alguém.

Certa vez, uma grande amiga minha, a Sol que também é mãe, disse que quando temos um filho nosso amor vai crecendo juntamente com ele. Vamos construindo um amor forte e verdadeiro a medida que os dias passam. Sempre pensei nisso.

Já dentro do centro cirúrgico, poucos minutos antes de conhecer minha pequena, a emoção era indescritível. Quando o obstetra olhou nos meu olhos e disse "vai nascer" fui preenchida por uma força avassaladora que jamais senti dentro de mim. Entrei num estado de transe e me debulhei em lágrimas. Só agradeci aquele ser perfeito, bem vindo.

Já no quarto, mais calma, não parava de contemplar aquele ser maravilhoso que dormia feito um anjo ao meu lado. Surgiu em mim de uma forma inenarrável aquele sentimento único, exclusivo, o amor na sua mais incrivel forma.

Quem é mãe sabe o que significa o amor. Ninguém mais conhece ou saberá o que significa essa palavra. Perdoe-me, mas é exclusividade nossa! É até difícil explicar o grau de sentimento. É maior do que o "amor" que sinto por mim, pelo meu marido, pelos meus pais...

Conversando com minha prima Dayse, também mãe, não conseguimos chegar a uma conclusão sobre o assunto "amor de mãe", mas o consenso é que ele é maior, mais forte e verdadeiro. Ela me disse uma coisa interessante, que o amor que ela sente pela filha é maior do que o amor que a filha sente por ela! Eu entendi o que ela quis dizer, por que infelizmente é assim mesmo.

Acho que a banalização da palavra amor está colocando em cheque a originalidade do seu valor. Como não conheço outra palavra que traduza o sentimento que tenho pela minha filha vou falando que a amo mesmo, até encontrar ou formular uma outra que mais se aproxime com a intensidade do meu sentimento.

Valentina, a mamãe te ama!

Nenhum comentário:

Postar um comentário