terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Chororô

Minha principal aflição quando a Valentina nasceu era decifrar suas necessidades. Achava que seria algo muito complicado e que exigia muitos meses de aprendizado. No entanto tive uma surpresa positiva, pois já na primeira semana estava em plena sintonia com a pequena.

Diferente do que dizem, são poucos choros e de fácil identificação. Não canso de dizer que a Valentina é uma anjinha. Ela quase nunca chora, no máximo dá uns gritinhos gostosos, que chamo de chororô. Ela tem alguns tipos bem característicos deles. Quando está com sono é fácil, dá umas gemidinhas e faz careta. Quando tem fome abre a boca e faz uma barulhinho que mais parece um passarinho. O choro daqueles de sair lágrimas só aparecem na hora de colocar roupa, principalmente se é daquelas que entra pela cabeça! Ela curte mesmo é ficar sem vestimentas, ao ar livre!


O mais engraçado disso tudo é que até o choro é gostoso de ouvir! Tudo é maravilhoso, perfeito, único.

2 comentários:

  1. óinnn, até chorando é fofinha!
    bjs, querida!

    ResponderExcluir
  2. Áli!
    Sou suspeita né? Mas é fofa mesmo!
    beijinhos
    ps: adorei sua visitinha :-)

    ResponderExcluir