sábado, 26 de novembro de 2011

Escolhendo a Maternidade

A primeira coisa que me veio a cabeça quando descobri que estava grávida era como seria minha reação ao entrar num centro cirúrgico, caso viesse a ganhar minha bebê de cesárea. Como nunca passei de uma enfermaria hospitalar não tinha noção do que seria entrar num local daquele porte. Para mim ganhar o baby era o maior desafio de todos, independente da maneira. Pensava: "bom agora que entrou, terá que sair". E assim, relaxava. Quando chegava de uma ultrasom minha colega de trabalho, a Andréia, me fazia sempre a mesma pergunta: "Fran qual tamanho da cabeça?". E assim ficávamos divagando sobre o parto, e o mais engraçado é que com exceção do primeiro dia em que me vi grávida  nunca mais fiquei nervosa sobre o parto. Estava bem tranquila, e permaneci assim até o grande dia.

Mas acredito que essa tranquilidade toda era, em parte, por eu estar sempre atualizada sobre todos os procedimentos que iria passar não importando que tipo de parto. E também era por eu conhecer a maternidade onde iria ganhar a Valentina. Na metade da gestação pesquisei sobre todas as maternidade aqui de Florianópolis tanto públicas quanto privadas. Participaram da "seleção" as maternidades do Hospital Universitário, a Carmela Dutra, a Carlos Corrêa, a Clínica Ilha (antiga Clínica Jane) e a Santa Helena.

Por questões logísticas, decidi primeiramente que teria minha baby na Clínica Ilha, pois esta se localiza próximo a minha residência. Desta maneira, marquei uma visita para conhecer suas dependências. Como a primeira impressão é a que fica, já não foi muito boa minha recepção. Cheguei 15 minutos antes do horário combinado para minha conversa com a responsável pela visita às dependências da clínica, porém fiquei quase uma hora aguardando a mesma. Acho isso um abuso, principalmente quando não te dão nenhuma justificativa do atraso. Entendo que imprevistos acontecem, mas quando não há motivo deixar uma gestante de 7 meses esperando mais de uma hora é no mínimo desagradável.

Bom, já que estava lá criando raiz decidi conhecer mesmo assim. Achei a clínica muito pequena, me deu agonia. Também não tem enfermaria, meu obstetra não fazia plantão naquele local e o atendimento deixou a desejar, lembrando que não tinha nenhum movimento no dia da minha visita. Haviam apenas dois quartos ocupados.

Na semana seguinte colhi umas informações com meu obstetra sobre a Clínica Santa Helena e fiquei tão feliz com o que ouvi que decidi que faria meu parto lá mesmo. Confesso que não estava muito empolgada em fazer visita a todas as maternidade daqui de Floripa. E depois da minha experiência com a Clínica Ilha, me desempolguei total. Só fui conhecer a Santa Helena (e não passei da recepção) uma semana antes de ganhar a pequena, pois estava me sentindo estranha e meu médico que estava viajando pediu que eu fosse realizar uma consultinha lá. Era o tal alarme falso.

Eu e o Alexandre decidimos que se desse tudo dentro dos conformes iriamos direto para a Santa Helena mas caso ouvesse algum imprevisto poderia ir sem problemas tanto para o HU quando para a Carmela. Sem maiores problemas.

Mas com 41 semanas completas, sem sentir um pingo de dor, fui feliz e contente para a Clínica Santa Helena ganhar a Valentina de cesárea. A linda da mamãe não estava muito afim de nascer... E na noite do dia 4 de setembro deste ano uma alegria sem tamanho toma conta do meu corpo e, exatamente as 20h36, nasce minha boneca. Apgar 9, 3,300Kg e 49cm. Jamais esquecerei daquele momento único.




 Ficamos 4 noites na enfermaria. Apesar de não ser tão confortável como um quarto, foi tranquilo. Alguns companheiros do mesmo local tinham visitas bem barulhentas e que extrapolavam o horário. Deixamos essa reclamação registrada ao sair. Mas fora isso foi tudo ótimo! As enfermeiras e médicos todos muito atenciosos e simpáticos. Uma grande equipe, que fez ainda mais especial esse lindo nascimento.


2 comentários:

  1. Eu fui visitar a Valentina!!!Era uma bonequinha linda não é nenhum exagero da Fran.

    ResponderExcluir
  2. Jaque!!!
    Que saudade!
    Era lindinha mesmo né? Agora está maravilhosa!!!
    hehehehe
    Beijinhos

    ResponderExcluir